Operário vai lutar com as armas que tem, diz André Branquinho

A equipa do Clube Operário Desportivo recebeu e venceu o Sernache por 3-0, em jogo da 15ª jornada do Campeonato de Portugal Prio, Série E. Um jogo que valeu mais pelo resultado do que propriamente pela exibição da equipa do Operário.

Segundo o treinador da equipa da Lagoa, a primeira parte não foi boa, tanto a nível defensivo como ofensivo, com a equipa mal posicionada. Para André Branquinho, o Operário teve mérito e sorte de marcar dois golos, que serviu para estabilizar na segunda parte.

Falando aos jornalistas no final do encontro, o técnico adiantou que a partida valeu mais pelo resultado do que pela exibição em geral.

Segundo referiu André Branquinho, era importante ao Operário entrar em 2017 a vencer, e principalmente em casa, num recinto desportivo que, a 16 de setembro deste ano, assinala o seu centenário.

A três jogos do final desta primeira fase, o Operário está a quatro pontos dos objetivos que pretende alcançar e volta a reforçar que, enquanto matematicamente for possível, a equipa vai continuar a acreditar e alcançar o objetivo de tentar chegar aos dois primeiros lugares.

Apesar do último reforço, João Brum, André Branquinho reconhece que o plantel da sua equipa é curto, mas esta é a realidade do COD e há que ter consciência do que o clube pode. “Se não pudermos ter mais jogadores, é com estes que vamos à luta”, referiu.

Share