Futsal: Operário empata a 4

A equipa de Futsal do Operário empatou, este sábado, a quatro bolas, na receção ao líder Fonsecas e Calçada. Com um ponto a separar as duas equipas, os fabris ansiavam pela vitória para quase resolver as contas para a manutenção.

A verdade é que os três pontos foram negados ao Operário por um erro da equipa de arbitragem, na partida da 3ª jornada a 2ª fase do Campeonato da II Divisão de Futsal, Série F, grupo da manutenção.

No encontro disputado no Pavilhão da Escola Secundária de Lagoa, o Operário foi mais equipa, mais agressivo e mais oportunidades teve para marcar.

Num jogo bem calculado, os fabris foram para o intervalo a vencer por 3-2, depois duma primeira parte em que, desde cedo, se verificou que a equipa da casa queria vencer.

No segundo tempo o Operário ainda dilatou a vantagem para 4-2 mas equipa adversária conseguiu reduzir para 4-3, altura em que os ânimos foram aquecendo.

A dois minutos do fim gerou-se a confusão no pavilhão da Secundária de Lagoa com a equipa de arbitragem a levar muito tempo a marcar a paragem no tempo de jogo, levando a criticas da equipa da casa e do público.

Na sequência deste episódio, em sinal desrespeito, alguns jogadores da equipa visitante entraram em diálogo para as bancadas o que gerou ainda mais confusão, levando a partida a estar parada cerca de três minutos.

Mas o pior ainda estava para vir já que, a 23 segundos do fim do encontro, e quando nada o fazia prever, os visitantes chegaram ao golo do empate, golo que surge na sequência duma falta clara sobre um jogador do Operário em plena área do Fonsecas e Calçada e que não foi assinalada pela equipa de arbitragem.

No final do encontro ficou o empate a quatro bolas com divisão de pontos entre o primeiro e segundo classificados.

A quatro jornadas do fim do campeonato o Operário mantém a segunda posição, agora com 21 pontos, a um do líder Fonsecas e Calçada.

Share