Veteranos do Operário organizam torneio

 

Com a abertura do espaço aéreo dos Açores e com a vinda das Low Cost, abriu-se uma porta aos intercâmbios entre equipas dos Açores e do continente. Isso mesmo já irá acontecer no início do mês de maio e em junho, com a equipa de Veteranos do Operário a receber, na Lagoa, duas equipas do continente os convites continuam a surgir.

Segundo Paulo Eduíno, o presidente recém-eleito da Associação de Veteranos do Clube Operário Desportivo, em declarações ao jornal Diário da Lagoa, adianta que a 2 de maio será realizado um jogo amigável com a equipa de veteranos de Bensafrim e em junho será realizado um torneio quadrangular com a participação de duas equipas do continente, o Valecambrense e o Canelas 2010 de Gaia e duas de São Miguel, os veteranos do Operário e do Santiago.

Refere o responsável que, culminando a deslocação que os veteranos do Operário fizeram ao norte do país, em setembro de 2014, a 26 e 27 de junho haverá um torneio quadrangular que ficará dividido entre Lagoa e Água de Pau, desta forma homenageando um antigo colega que faleceu em janeiro, Laudalino Benevides, antigo jogador do Operário e que treinou igualmente a equipa do Santiago. Paulo Eduíno diz ser uma demonstração de unidade entre as duas freguesias.

Refere ainda que se trata de uma organização que acarreta uma grande responsabilidade mas que a associação tudo fará para que decorre pelo melhor.

A Associação de Veteranos do Operário foi a eleições recentemente, sendo que Paulo Eduíno mantém a presidência, embora se tenham registado algumas alterações nos órgãos diretivos.

O novo elenco diretivo passou a ter mais elementos, face às alterações aprovados nos estatutos da associação.

As provas oficiais estão paradas, sendo que a equipa mantém os treinos às quarta-feiras. Pontualmente vai realizando jogos amigáveis enquanto aguardam o surgimento de provas oficiais.

Paulo Eduíno reforça que, as equipas interessadas em realizar jogos amigáveis aparecem em maior número, principalmente com a entrada dos voos low cost, uma nova característica nas acessibilidades que faz com que poderá haver mais jogos com equipas do continente, mantendo viva a vivência e mística do futebol de veteranos.

In: Diário da Lagoa

Share